GMPI - Gestão de Métodos e Processos Industriais


Investimento: R$ 1,295.00

Tem um cupom? informe aqui!
Compartilhe:  

A Engenharia de Produção Aplicada

 

Datas dos encontros: 13, 20 e 27 de março, 3, 10, 17 e 24 de abril,  1, 8 e 15 de maio

Horário das aulas presenciais: das 19h às 22h e 30min

Carga horária: 40 horas aula

Local: Auditório ACIC - Criciúma

 

Objetivo

O curso de formação em GMPI - Gestão de Métodos e Processos Industriais é um curso inédito em Santa Catarina, visa aprimorar e desenvolver profissionais voltados à indústria, no que tange captação de oportunidade de melhoria em métodos e processos produtivos. Tem o intuído de dispor ferramentas práticas para o desenvolvimento racional das atividades produtivas com o objetivo de maximizar a utilização de recursos e garantir a equidade no processo industrial.

Tem uma forte atuação na concepção de conhecimentos sólidos relativos a técnicas de administração da produção apoiadas pela Engenharia de Produção, Engenharia de Cálculo, Estatística, PPCP, Cronoanálise, Lean Manufacturing e Kaizen.

O curso busca proporcionar conhecimento aos profissionais para atuarem sobre os processos produtivos industriais na busca do aumento da capacidade produtiva através do gerenciamento dos gargalos e da eliminação dos desperdícios, de modo que as empresas incrementem consistentemente sua competitividade e lucratividade. Ainda objetiva apresentar modelos e técnicas quantitativas para a concepção e o aprimoramento dos processos de produção, através da análise dos sistemas produtivos e dos seus sistemas integrados.

 

Público Alvo

Gerentes, supervisores, coordenadores, analistas, administradores e engenheiros ligados direta ou indiretamente à Administração da Produção Industrial e a áreas de projeto, desenvolvimento ou melhoria de processos produtivos e todos os demais profissionais que desejam se qualificar gerencialmente para atuar na área de produção industrial.

 

Ao final do curso o aluno estará apto à:

  • Atuar nas áreas de Gestão da Produção, PPCP e Gestão de Métodos e Processos em sistemas de produção industrial;
  • Analisar os impactos de projetos de melhoria;
  • Desenvolver modelos e matrizes para tomada de decisão com base na simulação solução de problemas técnicos e de gerenciamento de processos industriais;
  • Quantificar e analisar sistemas integrados de medição de qualidade, tempos e produtividade, focando sempre em Kaizen e Gemba;
  • Determinar as capacidades produtivas de cada componente do processo produtivo, bem como identificar gargalos.

 

Diferenciais do curso

  • Integração dos conteúdos técnicos da área de Engenharia de Produção aplicados à prática cotidiana das indústrias do Sul Catarinense;
  • Abordagem quantitativa na modelagem e solução de problemas através do apoio de sistemáticas de cálculos e simulações de problemas;
  • Curso focado em situações reais e metodologia de aulas com abordagem na simulação de situações problemas para resolução pelos alunos, possibilitando a experimentação prática dos conteúdos e técnicas.

Introdução a Gestão de Métodos e Processos e suas aplicações

Objetivo: Permitir aos alunos uma visão global das aplicações da Gestão de Métodos e Processos como ferramenta de melhoramento contínuo e diminuição de fatores de risco aos processos, valendo-se de conhecimentos técnicos voltados a controles e análises de processos, objetivando o controle e eliminação de gargalos e a implantação de processos de melhoria contínua.

Programa: Paradigmas e limitações sobre a gestão de métodos e processos na indústria; Aplicações da Gestão de Métodos e Processos no cotidiano industrial; A engenharia de soluções aplica ao melhoramento contínuo de ambientes produtivos; Fatores de impacto e sua inter-relação: pessoas, equipamentos e sistemas; Desempenho previsto e desempenho real, fator de impacto na gestão da produção; A gestão de métodos e processos como fonte de ganho econômico.

 

Sistemas produtivos do ponto de vista da gestão de processos

Objetivo: Proporcionar a visualização dos sistemas produtivos e seus impactos nos processos industriais, bem como evidenciar a necessidade da adequação de métodos atrelados a processos a fim de elevar o desempenho do parque fabril.

Programa: Sistemas de produção e suas características do ponto de vista das necessidades de controles e análise: puxada, empurrada e mista; Lotes de produção e produção seriada; Produção manual e produção mecanizada; Análise de prioridades; Eficiência e eficácia de sistemas produtivos; Aplicação de indicadores de desempenho para apoio a tomada de decisão em gestão da produção; Diferenciação entre medições periódicas e amostrais; Tomada de decisão com base em dados e informações.

 

Lean Manufacturing” aplicado a métodos e processos

Objetivo: Desenvolver habilidade e conhecimentos técnicos fundamentais sobre a metodologia Lean aplicada à Gestão de Métodos e Processos.

Programa: Lean Manufacturing - Produção enxuta; Pessoas no processo Lean; A influência dos clientes em métodos e processos; Gemba Kaizen - Processos de melhoria contínua em chão de fábrica; Just-on-time; Jidoka; Kanban; Poka Yoke; Inspeção e qualidade na fonte; Gestão visual de processos; Trabalho padronizado; Estabilidade e Nivelamento (Heinjunka); Agregação de valor aos processos; Mapeamento de Fluxo de Valor; Mapeamento de processos; Teoria das restrições; Sincronização do fluxo de produção; Armazenamento no ponto de uso; Troca rápida de ferramenta; Manutenção Produtiva Total - TPM.

 

CEP - Controle Estatístico de Processos aplicado a sistemas de melhoramento contínuo

Objetivo: Disponibilizar conhecimentos técnicos referentes a ferramentas estatísticas de controle e planejamento de produção atreladas a controles de padrões de qualidade e oscilações produtivas em processos, permitindo uma análise crítica da aplicação de métodos de melhoramento.

Programa: Estatística aplica em controles de processos industriais: média simples, média ponderada, desvio padrão e mediana; Estatística aplica a geração de parâmetros matemáticos comparativos de desempenho; Construção de formulários de metodologias de coletas de dados; Determinação de tipos e aplicações de sistemas de medições: saber o que se quer medir, para que medir e como medir; Interpretação de medições e desenvolvimento de relatórios analíticos; Definição de padrões comparativos entre medições; Definição de prazos e volumes para intervalos de medições; Determinação de balizadores amostrais; Desenvolvimento de apresentações, relatórios e boletins informativos; Cartas de controle.

Engenharia de tempos e cronoanálise em processos

Objetivo: Proporcionar conhecimentos técnicos referentes a ferramentas de cálculo de tempos, integradas a aplicação de cronoanálise em processos industriais.

Programa: Determinação de tipos e aplicações de sistemas de medições baseados em cronometria de processos; Interpretação de medições e desenvolvimento de relatórios analíticos; Definição de padrões comparativos entre medições; Definição de prazos para intervalos de medições; Determinação de balizadores amostrais; Desenvolvimento de metodologias para cálculos com base em tempo; Qualificação de tempo em: lead time; takt time; entre fases de processos; logístico; setups; perdidos; que não agregam valor; aplicação de mão de obra; aplicação por recurso produtivo; individualizado, coletivo e global; indicadores de desempenho por tempo.

 

Engenharia de cálculo produtivo

Objetivo: Proporcionar conhecimentos técnicos referentes a ferramentas de planejamento de produção e operações atreladas a padrões de produtividade e qualidade.

Programa: Definição de padrões comparativos para cálculos; Definição da periodicidade de revisão de cálculos; Determinação de balizadores amostrais; Desenvolvimento de metodologias para cálculos de: produtividade; eficiência; eficácia; tempo; desperdício; perdas; dimensionamento de lotes; aplicação de mão de obra; efetividade; fadiga de equipamentos; ociosidade; OEE - Eficiência Geral dos Equipamentos; Indicadores de desempenho produtivo e qualitativo.

 

Estudo e desenvolvimento de lay out produtivo e logística em sistemas de produção

Objetivo: Disponibilizar e aplicar conhecimentos voltados à análise de aplicação de equipamentos em plantas fixas produtivas, através da definição de lay out com foco na melhor eficiência do processo, levando em conta característica de logística de movimentação de materiais para reposição, manutenção e abastecimento de linhas e estoques de processo e equipamentos.

Programa: Mapeamento e análise de fluxo produtivo e fluxo de movimentação de materiais; Análise de equipamentos de movimentação; Análise crítica de disposição de recursos em fluxo produtivo, considerando espaços para movimentações e armazenamento de materiais; Análise de ganho de velocidade em operações e diminuição de tempos de movimentação e abastecimento de recursos; Análise e determinação de estoques de processo com base na demanda ou capacidade dos equipamentos, conforme o mapa de carregamento de recurso na cadeia do ciclo produtivo; Desenvolvimento de modelos de lay out funcional; Cálculos de ganhos em operações.

 

Desenvolvimento de cenários e simulações de projetos de melhoria

Objetivo: Fomentar a aplicação dos conhecimentos adquiridos nas disciplinas anteriores em simulações de situações de produção onde seja necessária a tomada de decisão e aplicação de projetos de melhoria (Kaizen) nos processos produtivos, permitindo uma análise e visualização dos impactos decorrentes da intervenção da melhoria, permitindo ao aluno o desenvolvimento do senso crítico de aplicação de ferramentas na prática da gestão de produção.

Programa: Criação de problemas, montagem e modelagem de cenários de produção; Aplicação de técnicas de levantamento de pontos de impacto e planejamento de ações; Análise de Caminho Crítico; Análise de Ponto Crítico; Análise de Restrições; Análise SWOT; A3; 5W2H; Simulação de linha de produção e movimentação de materiais; Análise funcional de lay out; Simulação de cálculos produtivos.

Facilitadores

Esp. Alessandro Ramos Costa

Consultor em Gestão da Produção. CEO da Mercador Assessoria & Treinamento Empresarial. Consultor e Palestrante empresarial em áreas ligadas a Gestão da Produção, Gestão Empresarial, Gestão de Pessoal e Liderança. Além da atuação como consultor empresarial é professor em Graduações, MBAs e Especializações nos estados de SC, PR e SP. Tem mais de 25 anos de vivência profissional, aos quais 15 atuando em empresas privadas e públicas, como Aracruz S/A, Thyssen Gourp S/A, Banco Itaú, Embratec, CTF Petrobrás, Secretaria da Fazenda do RS, dentre outras. Administrador com especializações em Finanças, Engenharias da Qualidade e Produção, Mestrando em TIC. Já ministrou mais de 5.000 horas de treinamento a cerca de 100.000 alunos.

 

Esp. Fábio Tadeu Espíndula Westrup

Consultor em Gestão da Produção com ênfase em PPCP. Especialista em Engenharia de produção, Gestão Empresaria e Recursos Humanos. Professor universitário e de Pós Graduação. Profissional experiente e altamente capacidade em análises quali-quantitativas, voltadas ao desenvolvimentos de métodos de trabalho e cenários estatísticos de controle para simulação de desempenho industrial. Já ministrou mais de 1.000 horas de treinamento a cerca de 5.000 alunos.

 

Investimento

Empresas associadas a ACIC: R$ 1.168,00

Empresas não sócias: R$ 1.295,00

 

Certificado conforme regulamentação da Portaria nº 008 de 25/06/2002 da Secretaria de Estado da Educação e do Desporto de Santa Catarina.